24/01/2017

4 perguntas sobre o Cofen e o EaD na Enfermagem

Entenda porque a campanha pelo #ContatoReal é importante e precisa do seu apoio!

 

A campanha #ContatoReal, lançada no fim de 2016, é para você, profissional de enfermagem e futuro enfermeiro ou técnico. O Cofen e os Conselhos Regionais estão empenhados em destacar os maiores problemas encontrados na formação EaD de futuros profissionais da área. Para isso, foram levantadas as principais dúvidas dos internautas identificadas em nossas redes sociais. Confira abaixo:

 

O Cofen pode proibir os cursos a distância?

A responsabilidade de aprovar ou proibir os cursos de EaD em Enfermagem (assim como de fiscalizar) é do MEC.

 

O Cofen pode não registrar graduados no EaD?

O Cofen não tem autonomia para não registrar os profissionais formado por EaD, porque o curso é reconhecido pelo Ministério da Educação. Por ser reconhecido, o sistema Cofen/Conselhos Regionais, obrigatoriamente, tem que registrar o profissional. Além disso, o diploma fornecido é idêntico ao de um profissional formado pelo ensino presencial. Ou seja, não há nenhuma diferença na documentação que diferencie as duas formações.

 

O Cofen é contra o avanço tecnológico?

Ressaltamos que não somos contra a modalidade a distância, pois não podemos negar o ganho que a saúde e a educação tiveram com a tecnologia. Entretanto, somos contrários à formação de profissionais de saúde na graduação e ensino técnico a distância. Temos a convicção de que as aulas práticas em laboratórios para o treinamento diário do estudante, o contato humano e presencial são imprescindíveis para o aprendizado e para a boa formação do futuro profissional que estará em uma Unidade de Saúde ou em um hospital, em UTIs e centros de tratamento intensivo lidando com pacientes e problemas reais, não virtuais. Em 2015 nós fizemos o reconhecimento das condições de mais de 300 polos de apoio presencial de cursos EaD em Enfermagem e concluímos que o controle desses polos feito pelo MEC (que é realizado apenas por amostragem) não está garantindo a qualidade das atividades dos Cursos a Distância para o Bacharelado em Enfermagem e provavelmente, de nenhum outro curso na área da saúde. Os polos não apresentaram a infraestrutura física e tecnológica mínima, como laboratórios de anatomia, bioquímica, fisiologia, microbiologia, imunologia, parasitologia, entre outros, com microscópios, estufas, fotômetros, equipamentos, insumos e vidrarias, necessários para as aulas práticas exigidas por lei. Também não foram encontrados, na maioria dos polos, laboratórios específicos de Enfermagem, imprescindíveis à formação do Enfermeiro, bibliotecas ou qualquer comprovação do período de estágio supervisionado dos estudantes. Saiba mais sobre a operação: http://bit.ly/2hGWFUp.

 

O Cofen é contra o EaD na pós-graduação?

É importante esclarecer que o Cofen não é contra os cursos de pós-graduação a distância, assim como os cursos de capacitação. Nós nos posicionamos contra os cursos técnicos e de graduação em enfermagem a distância. Temos a convicção de que as aulas práticas em laboratórios para o treinamento diário do estudante, o contato humano e presencial são imprescindíveis para o aprendizado e para a boa formação do futuro profissional que estará em uma Unidade de Saúde ou em um hospital, em UTIs e centros de tratamento intensivo lidando com pacientes e problemas reais, não virtuais. Para nós, o #ContatoReal nessa fase da formação é insubstituível!

 

Fonte: Ascom – Cofen




  • https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd_UTZBDglkMU4H7r0jErSSWo6o3YSZ4O4AT_5RHD5Xa1vTdw/viewform?vc=0&c=0&w=1
  • banner-edimensionamento-207x117