03/05/2018

Nota de Repúdio

O Conselho Regional de Enfermagem do Ceará (Coren-CE) vem através

O Conselho Regional de Enfermagem do Ceará (Coren-CE) vem através desta nota lamentar a resistência de diversos municípios cearenses em cumprir a legislação que estabelece o direito a uma jornada de trabalho diferenciada aos pais de filhos com algum tipo de deficiência ou necessidade especial.

Diante da jornada comumente exaustiva da enfermagem o zelo pelo que roga a legislação é uma necessidade urgente. Cuidar da saúde dos filhos é um direito dos integrantes da equipe de enfermagem, como pais, por esta ser prerrogativa de todo e qualquer cidadão brasileiro.

A Ouvidoria do Coren-CE acumula diversos relatos de desrespeito a solicitação dos profissionais que necessitam da redução de jornada sem a necessidade de reposição e, tampouco, prejuízo salarial. Diante dos fatos solicitamos aos prefeitos cearenses, bem como aos secretários de Saúde, o respeito ao que preconiza as legislações e, sobretudo, a sensibilidade com as necessidades do outro.

Ser diferente é que nos une.




  • banner-edimensionamento-207x117
  • http://www.anjosdaenfermagem.org.br/